Injeções de insulina com dias contados

por Paulo Caetano

Um inovador sistema de nanopartículas biodegradáveis poderá permitir que a administração de insulina a pacientes com diabetes de tipo 1 passe a ser feita por via oral.

Até ao momento, o novo sistema de administração de insulina por via oral, utilizando um sistema baseado em nanopartículas biodegradáveis ainda só foi testado em ratos transgénicos. Mas os resultados são promissores e os investigadores portugueses acreditam que, em breve, as injeções de insulina serão um gesto do passado.
Se tal acontecer, estaremos perante uma inovação que muda decisivamente a qualidade de vida dos doentes de diabetes de tipo 1, dependentes da toma de insulina. O que já é uma certeza é que a insulina encapsulada em nanopartículas degradáveis consegue ultrapassar os ácidos estomacais e a barreira dos intestinos, chegando com eficácia à corrente sanguínea.
Esta descoberta, publicada na revista Journal of Controlled Release, foi desenvolvida por cientistas do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S), da Universidade do Porto, em colaboração com o Hospital Universitário de Oslo, na Noruega, tendo como primeira autora Cláudia Azevedo.
Para saber mais:
www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0168365920304363
Foto de: Matt Chesini 
Scroll to top