Podcast T2E6: Fátima Abrantes: Conhecer o clima passado para prever o futuro

Se queremos prever a evolução futura do clima na Terra temos de conhecer o seu passado. Este é o mote das investigações da Fátima Abrantes – uma paleoceanógrafa do IPMA e do CCMAR – Centro de Ciências do Mar. E, para atingir esse objetivo, são estudados os sedimentos dos fundos oceânicos, os fósseis de conchas dos bivalves e o gelo eterno do Ártico e do Antártico.

Nos últimos tempos, Fátima Abranches tem dedicado particular atenção ao afloramento costeiro do litoral português e aos índices de produtividade primária. O estudo atual e passado da abundância de microalgas, que são a base da cadeia trófica oceânica e grandes consumidores de dióxido de carbono, permite ajudar a traçar modelos conceptuais – que são, mais tarde, usados nas previsões da evolução do clima.

Neste ano de 2021 inicia-se a Década dos Oceanos, decretada pela ONU – Organização das Nações Unidas. É, na perspetiva desta investigadora, uma oportunidade única para travarmos ou invertemos os danos mais graves que décadas de industrialização desenfreada têm causado nos mares internacionais.

Uma conversa a não perder.

 

Versão vídeo disponível aqui:

vamos descobrir mais?
Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.
Aceitar